segunda-feira, 6 de julho de 2015

fruto

aos 20, aos 50, aos 80, parece que amadurecer é forjar e experimentar o próprio fruto e sua alternância de sabor, ainda mais entre frutos da mesma árvore, aquela da qual você depende e se desprende. pode ser doce. é amargo. pode ser bom. há algo inscrito entre a terra, a raiz e o fruto que cada estação vivida revela.

Nenhum comentário:

Postar um comentário