domingo, 18 de outubro de 2015

um domingo com sua cara

um domingo com sua cara. luz do sol e corpo desperto.
preparo das sacolas para ir à feira. revista do que se tem e precisa (o que é pouco). espera da companhia. boa notícia de pessoa do bem querer.
a feira onde voz e sotaque, comida e bebida, dão notícia da gente do bairro e da cidade. da feira para a mesa vai aquilo que diz do hábito e da curiosidade.
disco na vitrola (em transfiguração eletrônica). textos para memorizar e performar. trabalho leve. numa hora dessas, um telefonema percorre os fios que levam à casa de antes.
à noite, outra feira. porque ninguém precisa cozinhar e a cidade está cheia delas.
luz de lua que é de sol. corpo quente, coisa do tempo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário